Terça-feira, 15 de Maio de 2007

Quo Vadis Aquae Flavie? Picadeiro, Chaves.

 

Eu, Humberto Serra, assumo que sou realmente um " txato do caraças", mas digam lá meus caros conterraneos, olhem bem para este edifício aqui à  esquerda, mas olhem com olhos de ver, tem alguma beleza? O que é feito do pedaço de Muralha Seiscentista que ali estava?  E os senhores que mandam no IPAAR, não têm conhecimento deste tipo de agressões ao Património Histórico? E claro, não esquecendo a Autarquia Flaviense que tambem deu aqui uma "preciosa  ajudinha".

 

 

publicado por hpserra às 16:39
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 15 de Maio de 2007 às 22:35
Como o sr. Beto sabe, para os «arrivistas Abrileiros» foi a hora de «outros Valores ($/€) se levantarem!

E à sombra deles cometerem (-se) (impunemente) barbaridades contra o Património Nacional, contra os "normais" e justos interesses Regionais, e contra os elementares direitos locais.

O sr. Beto ainda bem que É «um txato do caraças»!


De Fe a 16 de Maio de 2007 às 13:36
Está, perfecto, la muralla del fuerte de fondo, la casa de piedra a la derecha y el monstruo pati-largo, presidiendo, el conjunto. Y claro, lo que está perfecto es el horror que mentes preclaras, proyectaron para un entorno histórico y aquellos que aprobaron dicho "Monumento al mal gusto"; y que se pierdan tantos años estudiando... para estos resultados, que cualquier hijo de vecino, con un mínimo de sensibilidad rechazaría, aunque como dice el dicho.- Poderoso caballero es D. Dinero.


De josé leite a 22 de Maio de 2007 às 12:36
tudo se deve ao facto de o povo flaviense, no geral, ser muito mole e comodista, assim como pouco sensível e culto em relação a questões de conservação do património. Assim as minorias levam avante as suas intenções de interesse meramente económico, cujos dividendos além de delapidarem a nossa riqueza patrimonial, servem apenas interesses particulares, não são aplicados no desenvolvimento da cidade.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Quo vádis Aquae Flavie? R...

. Rua 1º de Dezembro, Chave...

. Feira dos Santos 2011, Ch...

. Escola Secundária Dr. Júl...

. Jardim Publico, Chaves.

. Rua de Santo António, Cha...

. I Encontro Fotográfico Tr...

. Pastelaría Biquinho Doce,...

. FELIZ NATAL, FELIZ NATAL,...

. Outono/Inverno, Chaves.

.arquivos

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds